© Sneaker Cult 2019

Buscar
  • Lucas Conchão

Prepare-se: os Air Jordans ficarão mais limitados!


Já é de conhecimento geral que os tênis da Jordan Brand não estão sendo vendidos tão rapidamente como ocorria há alguns anos, o que ocasionou a recente queda de posição no ranking de marcas esportivas nos EUA, sendo ultrapassada pela adidas.

Esse fato deve-se, basicamente, ao aumento do número de pares produzidos, um método adotado para aumentar a receita da marca no mercado. Enquanto o plano funcionou, o excesso de pares no varejo prejudicou e muito o status de exclusividade que os tênis tradicionalmente tinham. Porém, de acordo com o presidente da Jordan, Larry Miller, isso está prestes a mudar!

Em uma recente palestra em Portland, Miller falou com o público presente como a marca vai lidar com a saturação atual dos modelos retrô. - “Estamos em um processo para garantir que voltemos para esse mercado de atração e necessidade, onde as pessoas estão procurando produtos e há escassez do mesmo, porque foi assim que construímos nossa marca”, disse ele.

Essa nova atitude também foi confirmada pelo presidente da Nike, Trevor Edwards, que durante uma conferência em setembro afirmou que “a Nike está dando todos os passos certos para garantir que a Jordan continue sendo uma marca especial e cobiçada, gerenciando o equilíbrio entre escassez e produção”.

Apesar disso, os Jordans Retrôs ainda representam uma boa parte do volume de tênis vendidos pela Nike. Em março deste ano, Edwards chamou o Air Jordan 11 “Space Jam”, relançado em dezembro de 2016, de o maior e mais bem sucedido lançamento da história da Nike!

E você, o que acha da iniciativa?

#airjordan #nike #airjordanretrobrasil #airjordanretro