top of page
  • Foto do escritorLeo Jubé

Apresentamos a NIAP!



Continuando as apresentações das marcas que estão em ascensão no cenário nacional, chegamos à NIAP, uma marca carioca que surgiu através da cultura do rap/hip hop e trás com sigo uma mensagem de força contra os problemas de saúde mental da nova geração. Nossa entrevista contou com a presença do fundador, William, que mostrou um pouco do o que é a NIAP.


SC: Como começou a sua história com a moda, mais especificamente com o Streetwear?


NIAP: O primeiro contato que mudou a minha vida foi há 10 anos com a cultura do rap e hip hop, Lil Wayne, a maior inspiração pode se dizer, Chris Brown, todo o lifestyle, o estilo gringo foi o que mais chamou atenção, viajava no jeito deles se vestirem e tudo mais.



SC: O que você quer passar através da sua marca?


NIAP: Tudo começou quando quis fazer algo diferente do que achamos por aí, contar uma história de superação e dores, o nome da marca NIAP é "PAIN" ao contrário, que significa "Dor" em português. A mensagem é que independente das dificuldades, tudo pode e será resolvido, a ideia é passar força e ajudar quem tem dificuldades com a saúde mental e todas as coisas que afetam nossa cabeça todo dia.



SC: Qual o seu sonho com a marca?


NIAP: Ajudar e apoiar todos do Brasil, estar em ONGs, projetos sociais. Levar a NIAP para ser além de uma marca de roupa.



SC: Quais são as suas maiores referências no mundo da moda?


NIAP: A$ap Rocky que democratizou todos os estilos, desde o streetwear até as peças de luxo do Highend. Não posso deixar de mencionar a genialidade de Virgil Abloh também.



SC: Não podemos deixar de fora, Nike ou Adidas?


NIAP: Depende do look, mas é mais para a Adidas, ela tem uma linha mais acessível e tem mais da estética brasileira.



SC: Time do coração?


NIAP: Flamengo, desde criança.



SC: Pelo menos uma marca nacional referência e uma marca mundial?


NIAP: PACE é uma marca diferenciada, tem a apresentação diferenciada, a PIET, Balenciaga, Maison Margiela também são inspirações, mas a NIAP inspira mais no cenário nacional do que no gringo.



SC: O que você acha da atual cena de moda street no Brasil?


NIAP: Está em um caminho muito bom, temos muitas marcas boas, muita coisa diferente, marcas se tornando consolidadas, como a À La Garçonne, PIET, desde as pequenas até as grandes estamos muito bem servidos, as marcas estão prontas para encarar de frente as marcas gringas.



SC: Qual a sua próxima coleção, quais peças estão por vir e quais peças vocês acham que o pessoal vai ficar maluco vendo?


NIAP: Final de Março provavelmente está na pista, já temos a pilotagem das peças, tem uma estética do drill e do grimme de Londres e do Rio de Janeiro combinadas, a peça que talvez o pessoal vai querer mais, será um suéter de moletom careca.



SC: Qual o seu tênis favorito hoje na coleção?


NIAP: Um Adidas Tubular Doom Sock, gosto dele pela usabilidade e pela frequência que uso.


SC: E o seu Grail?


NIAP: Adidas Yeezy Foam Runner Vermilion, oferece um visual futurista e é muito diferente de tudo.



Esse foi mais um episódio da apresentação de marcas nacionais que você precisa conhecer. Continue nos acompanhando por aqui e em nossas redes sociais, que tem muito mais por vir.


0 comentário

Comments


bottom of page