top of page
  • Vinicius Fonseca

Air Max Day 2019 - Revivemos o Air Max 1 Animal Pack de 2006 #piranomeuair


Em 2014, a Nike declarou que o dia vinte e seis de Março seria o "Air Max Day", uma data especial para comemorarmos um dos maiores heats da marca do Swoosh, o Nike Air Max. Mas, porque dia 26? Porque em 1987, o Air Max 1, tênis que começou essa revolução, foi lançado justamente nesta data!

E para o Air Max Day de 2019, nós chamamos o pessoal da TND Sneakers, para restaurar uma das nossas edições favoritas do Air Max 1, a edição "Animal Pack" da atmos, lançada em 2006.

Como todos sabem, a entressola do Air Max 1 é feita de poliuretano injetado, ou seja, com o tempo, as moléculas ressecam e deterioram, fazendo com que o material esfarele e deixe o calçado impossibilitado de uso. Esse efeito pode demorar de 6-7 anos até 10-12 anos, tudo depende da forma que o calçado está guardado, da frequência de uso e etc.

Mas graças a alguns sneakerheads, o pessoal desenvolveu uma técnica chamada "soleswap", ou "troca de sola" em tradução livre. Basicamente você pega a entressola de um Air Max novo e coloca no seu Air Max "velho", assim o tênis ganha pelo menos de 7 a 10 anos de vida, já que muitas vezes o cabedal segue intacto.

Mas antes de falar desse processo com o nosso par, vamos falar porque escolhemos um Air Max feito pela atmos. Para isso, vamos viajar no tempo para 2002, ano em que o Air Max 1 comemorava 15 anos de idade, um marco muito importante para a silhueta e para a marca do swoosh.

Para reinventar o "Air", a marca chamou os experts da boutique japonesa atmos para desenvolver uma colorway exclusiva do Air Max 1, dando origem à edição Safari, inspirada no Air Safari que também foi lançado em 1987. Com isso, a atmos ficou conhecida por ser a primeira loja a colaborar no Air Max.

Como antigamente não tínhamos a rapidez das redes sociais e nem o acesso fácil as informações do outro lado do mundo, os lançamentos no Japão eram bem difíceis de se conseguir, já que você tinha que realmente estar lá para adquirir o seu. Passando um pouco para frente chegamos em 2006, e a Nike convidou mais uma vez a atmos para trabalhar no "Air Max mais louco do mundo".

Foi nesse ano que Koji (diretor criativo da atmos), junto com o time da Nike, se encantou com um pack de tênis infantil da marca do swoosh, e disse que os diferentes tipos de animais eram tão fascinantes que mereciam estar nas ruas, dando vida assim a um novo tênis para os adultos que carregava exatamente esse estilo. Nas palavas de Koji: "A pele de um animal é utilizado para camuflagem na floresta, já na cidade, ela é usada para se destacar da multidão".

Os animais presente nos tênis? Leopardo, Tigre, Zebra, Girafa e Cavalo! Sim, cinco animais aparecem nesse cabedal selvagem. Outro detalhe bem interessante são as cores do swoosh, com detalhes em vermelho e em verde; a cor vermelha representa os animais carnívoros (Tigre e Leopardo), já a cor verde representa os animais herbívoros (Zebra, Girafa e Cavalo).

Um fato curioso do Air Max 1 e do Air Max 95 de 2006 é que naquela época ambas as silhuetas não eram nada popular, e assim que eles foram lançados, os pares venderam bem pouco, ficando longe de se esgotar. Quando a notícia chegou nos Estados Unidos e na Europa, centenas de pessoas viajaram para o Japão e literalmente limparam todos os pares das prateleiras, fazendo com que o pack se tornasse incrivelmente desejado até hoje.

E como falamos no começo dessa matéria, nos decidimos "matar" o Air Max 1 "Animal Pack" de 2018 para dar vida novamente à clássica edição de 2006. O trabalho de "soleswap" foi feio pela TND Sneakers, que fez a troca de forma impecável, lembrando que a entressola de ambos são idênticas, então o par de 2006 fica exatamente como deveria ser, a vantagem é que agora temos mais alguns anos de uso <3.

Essa foi a nossa história e contribuição pra essa data tão importante! Colecionar tênis e viver esse mundo intensamente é isso: acompanhar as tendências, vibrar com as inovações, mas jamais esquecer os clássicos que fizeram a gente se apaixonar por tudo isso. E você já sabe, para ficar por dentro das novidades, não deixe de nos acompanhar sempre!

0 comentário
bottom of page