Buscar
  • Bea Partington

Encontramos a boss lady do Small Feet Big Kicks


Uma das principais fontes de referência pra quem gosta de tênis, é o instagram. Por lá, conhecemos a Jessica Gavigan, @juicegee, para os sneakerheads. Dessa mesma forma, descobrimos que ela estava de passagem pelo Brasil e conseguimos encontrá-la pra bater e um papo e saber como é a realidade das meninas que vivem esse lifestyle na Inglaterra.

E pra gente, nesse dia 8 de março, fica a inspiração de quem não se importou com estereótipos masculinos na cena e conta com mais de 300 pares em sua coleção.

Para quem ainda não conhece, Jess comanda 4 sites e loja online, entre eles o Small Feet Big Kicks, o que trouxe mais reconhecimento pra ela principalmente em Londres, onde vende diversas silhuetas em tamanhos pequenos para as meninas que, assim como eu, não conseguem achar com tanta facilidade seus grails.

A sua aproximação com esse universo veio ainda na adolescência, quando começou a curtir hip hop e conviver entre o universo dos esportes e também, do graffiti. Ainda nessa época, através de um ex-namorado (e hoje seu sócio e super amigo), começou a se envolver ainda mais e aderiu os tênis de training aos seus clássicos Converse.

Quando falamos do tênis que deu start em sua coleção, o escolhido foi Jordan 'White Aqua', achado através do Ebay, e que trouxe valores da procura, história do modelo e até um design mais extravagante. Seus modelos preferidos, definitivamente, são os Nikes. Não necessariamente nessa ordem, os eleitos são o Air Max 90, o Air Max 97 e também o Nike Free, já que ela não abre mão de manter um lado mais sportswear no seu dia a dia.

Perguntamos também sobre as marcas que ela sente que conseguem envolver mais as mulheres do estilo e as mais representativas são as gigantes Nike a Adidas, deixando as marcas como Asics e Saucony ainda pra trás, com bem menos opções para os números menores.

Além disso, perguntamos sobre as edições limitadas feitas pra mulheres e que muitas vezes vem em opções cor de rosa e branco, e a resposta foi: "moro em uma cidade que chove sempre, o clima e o meu dia a dia não me permitem usar um tênis rosa ou todo branco sempre", não que ela não goste dessas opções, ok?

Apesar desse movimento ter crescido, principalmente em Londres, nos últimos 3 anos, o que ela sente é que um pouco da essência está se perdendo. Hoje, diferente de quando teve sua primeira conexão, as pessoas tem mais acesso através de poder de compra do que pela procura e pela paixão, e isso implica até na mesmice em eventos como Crepe City, o maior do Reino Unido e Sneakerness, onde encontra diversos stands vendendo os mesmos produtos.

O destaque positivo desse evento fica por conta da maior frequência das meninas, que diferente de uns tempos atrás, iam para acompanhar seus namorados e hoje gostam do evento pela cultura e vão livres do título de "acompanhantes".

Pra gente, a conversa foi super importante para entender um pouco da realidade de meninas que, teoricamente, tem acesso a mais opções de tênis e até marcas do que nós, aqui no Brasil mas que mesmo assim encontram suas pedras no caminho, mas nada que as faça parar.

A dica valiosa que ela nos deu foi que a internet pode sim nos ajudar nessa história. Os perfis de Instagram, como o dela por exemplo, são fontes não só de referência mas para tirar dúvidas, encontrar pessoas com o mesmo gosto ou que esteja oferendo algo que você procura e, principalmente, pra não ter medo de entrar nesse universo, nós temos tudo para conquistar a coleção que a gente sonha.

Mais uma vez, muito obrigada Jess!

#Juicee #Jess #SmallFeetBigKikcs #SneakerheadGirl #WomensDay #GirlPower

                © Sneaker Cult 2020